2004/04/05

Os verdadeiros contemporâneos - José Blanc de Portugal


Sei que é impossível seguir passo a passo o que faz musicalmente a juventude portuguesa. No público da Fundação Calouste Gulbenkian, de Belém ou do Teatro Nacional de São Carlos haverá alguém que conheça o Grupo Lide, que deu o seu terceiro concerto na bela sala da biblioteca do Instituto Superior de Economia e Gestão?
...
Concertos-lição para os futuros doutores do ISEG, Álvaro Teixeira pode orgulhar-se do que já fez o seu grupo e não seria mau que os responsáveis oficiais e particulares pela nossa música estivessem atentos...

in Diário de Notícias, 4 de Abril, 1995
Não estiveram. Antes pelo contrário. Eu não me dava bem com o consultor... nem com o director... nem com o secretário de Estado... se calhar eram todos a mesma pessoa... Enfim, coisas à portuguesa concerteza. A minha homenagem a José Blanc de Portugal cuja obra transcende em muito a "mera" crítica musical.


Lied I & II (excerpt)

video

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr