2006/12/05

O MEU TRABALHO COMPLEMENTA MOZART

Anne Teresa de Keersmaeker não necessita de apresentação. A famosa coreografa esteve em Lisboa onde apresentou um trabalho concebido sobre árias de Mozart.

Álvaro Teixeira Que significa para si trabalhar sobre a música de Amadeus?

Anne Teresa de Keersmaeker É inspirador. A sua música é de tal maneira sublime que é muito especial para mim trabalhar com base nas suas obras.

AT Claro que depende dos intérpretes musicais, mas não corre o risco de ver o seu trabalho, se os intérpretes forem músicos de grande nível, passar para segundo plano?

ATK Não. Eu acredito compreender a música de Mozart e fazer um trabalho que de algum modo a complementa.

AT Anne Teresa: amanhã vamos ter uma orquestra a tocar em instrumentos modernos. Não preferiria que a interpretação fosse feita em instrumentos históricos?

ATK Claro que sim mas a música é tão boa que mesmo com instrumentos modernos vai ser uma excelente performance.

AT Pude ver algumas imagens deste trabalho e penso que foge ao seu estilo habitual. Porque optou por uma estética neo-clássica?

ATK Os figurinos podem ser convencionais mas os movimentos não podem ser classificados como tal.

AT Não estou muito de acordo: o "duo" do bailarino com a cantora, no filme que fizeram para a imprensa, era totalmente neo-clássico...

ATK Bem... de algum modo sim. Foi assim que eu senti e foi essa a minha opção.

AT Dá-lhe prazer trabalhar com música "live"?

ATK Claro. Mas quando se necessita de uma orquestra, como é o caso, torna-se muito caro.

AT Anne Teresa: infelizmente vamos ter de concluir agora devido a um problema com o aparelho que está a gravar a nossa conversa. Foi um prazer falar com uma das criadoras contemporâneas que mais admiro.












A jornalista russa Ana Politkovskaya, uma das jornalistas mais críticas em relação à política do presidente russo, Vladimir Putin, foi assassinada...
"Seu assassinato é um golpe no coração do jornalismo russo. Não será possível compensar sua perda, já que não há ninguém como Politkovskaya e nunca haverá", disse Igor Yakovenko, secretário-geral da União de Jornalistas da Rússia.
http://noticias.uol.com.br
(07/10/2006 - 16h17)














SHISHMAREF (Etats-Unis) (AFP) - Le petit village esquimau de Shishmaref posé sur un îlot aux confins de l'Alaska s'enfonce dans la mer un peu plus chaque année, victime du réchauffement climatique, et doit déménager sur le continent, au risque de perdre son identité. http://fr.news.yahoo.com (10 octobre 2006, 14h29)














e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr