2008/11/25

Casa Pia acusada de ignorar abusos sexuais durante décadas

No segundo dia das alegações finais do processo de pedofilia, o procurador João Aibéo leu dezenas de excertos da prova testemunhal prestada em julgamento por alunos, educadores e dirigentes da instituição que atestam uma «falta de controlo total» do paradeiro das crianças quando saíam da Casa Pia de Lisboa.

Relativamente a relatos de abusos feitos por alunos, João Aibéo referiu que eram desvalorizados pelos responsáveis, ou pior: «Batiam-lhes, diziam-lhes para se calar e que eram mentirosos. Foi isso que aconteceu durante décadas».
...
Catalina Pestana terá dito que havia «uma Casa Pia até às seis da tarde e outra depois das seis da tarde, bem como uma Casa Pia ao dia de semana e outra aos fins-de-semana». in diariodigital.sapo.pt (25 de Novembro de 2008, 14:18)

Labels: ,

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr