2004/12/10

HAYDN: SETE ÚLTIMAS PALAVRAS DE CRISTO NA CRUZ

O Nordic Chamber Choir e a Kurpfälzisches Kammerorchester Mannheim, dirigidos por Nicol Matt, gravaram em 2002 esta obra de Haydn na versão oratória para a Brilliant Classics.

Trata-se de uma interpretação-referência por um côro de primeiro plano mundial e um agrupamento de músicos de excelência. É bom assinalar que não é uma interpretação em instrumentos da época o que demonstra que mesmo um agrupamento utilizando instrumentos modernos pode ter uma performance de topo na interpretação de obras tanto da primeira época clássica como anterior. Genericamente prefiro interpretações em instrumentos da época, pela sua diversidade tímbrica e pela tela sonora e dinâmica que nos proporcionam quando tocados por intérpretes de elevada técnica e musicalidade. No entanto não poderia deixar de referir esta fabulosa interpretação que não fica atrás das melhores com instrumentos antigos. A um preço fora de concorrência (cerca de quatro euros). Ast














e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr