2007/11/03

Vergonha!

Os italianos, conhecidos por constituirem das maiores comunidades imigrantes em todo o mundo ocidental, decidiram que os imigrantes, em Itália, que sejam considerados "ameaças à segurança pública" possam ser expulsos automaticamente por decisão de um juiz, sem ser necessário julgamento. Toda uma histeria colectiva devida a um crime praticado por um imigrante romeno, denunciado por uma elemento da mesma comunidade que colocou a sua própria segurança em risco. Mas este facto, sem o qual talvez ainda andassem à procura do criminoso, não parece sensibilizar o bom povo italiano... Se todos os países expulsassem os italianos que cometeram crimes, a Itália encontrar-se-ia a com um problema sério...

Seguindo a "vontade do povo", as autoridades italianas destruiram as barracas onde se aglomeravam os imigrantes romenos nos arredores de Roma, deixando-os desalojados, criando assim um dos cenários mais infâmes do pós-guerra. A Presidência da União Europeia e a Comissão Europeia deveriam explicar aos italianos que na Europa, pelo menos na Europa da UE, não vale tudo.










e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr