2008/04/19

Mais um caso residual

Um rapaz de 12 anos apertou o pescoço a uma professora, em Castanheira de Pera, depois de a docente o ter advertido.

Um rapaz de 12 anos apertou o pescoço a uma professora de Matemática na escola Bissaya Barreto, em Castanheira de Pêra, depois de a docente o ter advertido para parar de dar pontapés numa porta.

De acordo com uma fonte da escola básica do segundo e terceiro ciclo Bissaya Barreto, o incidente ocorreu cerca das 13:10 horas de quinta-feira, 17 de Abril, quando a docente de matemática foi para a sala dar uma aula de substituição de informática.

O aluno foi advertido porque estava a pontapear uma porta, disse a fonte.

A professora advertiu o jovem, que provém de uma família desestruturada e apresenta sinais de hiperactividade, e este reagiu apertando-lhe o pescoço, injuriando-a e tentando dar-lhe um pontapé na face.

Segundo António Alves, presidente do Conselho Executivo, o caso foi já sinalizado pela direcção mas falta ainda o relatório da professora.

“Houve qualquer coisa mas só me posso pronunciar depois de ter a exposição da professora”, disse o mesmo responsável, embora salientando que se trata de um “aluno difícil”.

No entanto, António Alves não esclareceu se o aluno irá ser punido disciplinarmente, tudo dependendo do relatório da docente.

Fonte da GNR confirmou a ocorrência mas negou que tenha sido apresentado qualquer queixa por parte da docente, que não teve de receber assistência médica. in http://www.noticiasdocentro.net/artigo.php?ArtID=3719

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr