2008/04/30

São rosas e resíduos, senhores!

Laranjeiro: Na semana passada
Aluno expulso após agressão a auxiliar
Um aluno de 16 anos, do 8.º ano do curso de Educação e Formação na Escola 3.º Ciclo e Secundária Ruy Luís Gomes, no Laranjeiro, agrediu na passada quarta-feira, com um murro na cara, uma cozinheira após esta o alertar para comportamentos impróprios, como jogar à bola e gritar no bar da escola.

Na sequência da agressão, ao que o CM apurou junto de professores e auxiliares, o aluno foi expulso da escola e terá de ser transferido. A funcionária agredida, chefe de cozinha da Eurest, apresentou queixa na esquadra da PSP do Laranjeiro.
Depois de, num primeiro momento, dizer que a sanção disciplinar é do “foro interno da escola” – a menos que implique expulsão e transferência, como será o caso –, o director regional de Educação, José Leitão, recusou ontem prestar mais esclarecimentos. O Conselho Executivo da escola já remetera qualquer informação para a Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DREL).

Pelo contrário, alunos (um dos quais testemunha ocular da agressão), auxiliares e professores confirmaram a agressão e explicaram como foi.

TESTEMUNHA

Um dos alunos que viu a cena relatou-a ao CM, sob anonimato, por recear represálias: ”Estávamos no bar, uns a jogar à bola, outros a batucar. Ela chamou a atenção por causa do barulho, e o ‘Eta’ [alcunha do agressor] não gostou e deu-lhe um murro.”

A mesma versão, acrescida de um outro pormenor, como ”linguagem imprópria”, foi a contada ao CM por uma auxiliar da escola, que ali exerce funções há cerca de dez anos. “Ela pediu tento na língua e o rapaz deu-lhe um murro.”

A auxiliar pediu anonimato tanto para si quanto para a vítima, garantindo que ”os alunos gostam imenso dela” e lamentando que “os políticos só se lembram dos professores”.

Certo é o apreço de alguns alunos pela vítima, havendo quem perguntasse o seu nome para logo comentar: “Ah foi essa!? Tchii! Mas ela é bué de fixe e bué de baril.”

bigbrother Diz:
Abril 30, 2008 at 2:29 pm
E hoje no correio da manhã: aluna violada na escola por três colegas…
E já agora reprovar alunos custa 6oo milhões ao estado - Público.
Meus caros começem a fazer contas: se nós pouparmos nas reprovações talvez o governo canalize a poupança para a subida de escalões... in educar.wordpress.com, nos comentários ao post A Música (Desvairada) Do Umbigo, Abril 30

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr