2008/06/02

Bye, bye, Hillary

Florida e Michigan só terão metade dos votos na convenção de Agosto. Decisão do Partido Democrata deixa Hillary Clinton quase fora da corrida.

O Partido Democrata norte-americano aprovou na última noite um compromisso sobre a participação dos delegados da Florida e do Michigan, estados que desrespeitaram o calendário eleitoral aprovado e que por isso terão a sua representação limitada na convenção de Agosto. A decisão representa um duro golpe para Hillary Clinton, agora quase sem hipóteses de conseguir a nomeação às presidenciais. In publico.pt, 01.06.2008 - 14h24 PÚBLICO, Agências

02.06.2008 - 08h35 - Fado Alexandrino, Lisboa
According to Real Clear Politics, Obama actually has 166,186 vote lead over Clinton in the popular vote -- 17,267,658 to 17,101,472. If Michigan's primary is included, where Clinton received 328,307 votes and Obama none due to the fact he removed his name from the ballot, Clinton takes a 162,123 vote lead. Cuidado! Isto não pode ser dito porque estraga as previsões dos senhores jornalistas.

Comentário: é a vida (Guterres dixit). Ainda bem que não se assustaram com a possibilidade de alguns radicais islâmicos tentarem vingar-se pelo facto de Obama ter abandonado o islamismo. É assim mesmo! De resto, a previsão dos jornalistas e analistas do "infalível" Finantial Times, como se sabe, foi que a próxima presidente dos EUA seria Hillary Clinton...

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr