2008/06/16

Da arte de fazer figura*

Em conferência de imprensa conjunta realizada com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, Brown reconheceu que é necessário um «curto período de reflexão» para que os irlandeses possam apresentar as suas propostas sobre a melhor forma de ultrapassar o problema.

A República da Irlanda é o único membro da UE a submeter o Tratado de Lisboa a referendo.

Segundo Brown, ficou «muito claro» que, legalmente, o texto não pode entrar em vigor até que seja ratificado pelos 27 Estados-membros da UE. In diariodigital.sapo.pt, 16-06-2008, 16:34

Um

Conferência de imprensa de Bush... que vai desaparecer de cena... com Brown que pouco mais ficará nela.

Dois

O sair de cena de Brown coincidirá com a entrada em cena daqueles que NUNCA ratificariam o Tratado.

Três

Como Brown deixou "muito claro", e é verdade, que o texto do Tratado não pode entrar em vigor ANTES de ser assinado pelos 27...

Quatro

... e como UK quer fazer, por uma vez na vida, figura de europeísta empenhado...

Cinco

... vai assinar um Tratado que sabe que NUNCA vigorará.

* "semblante", para utilizar terminologia da psicanálise de Jacques Lacan.

e-mail: criticademusicaATyahooPUNTOfr